Um Gole de Utopia - Página 3 de 3 - Um blá blá blá sem leite e biscoito
  • Devaneios

    Espectro

    Sinto a poeira sob meus pés, Um caminho tortuoso pela frente, Com outrora em sangue e prantos, Sobre feridas que não se curam mais. Sua voz ainda ecoa em minha mente, Como uma dolorosa…

    fevereiro 24, 2016
  • [in] nyctophilia

    O Nômade .I

    Para acompanhar a leitura 😀 O Nômade Parte I Minha respiração estava ofegante, as pernas tremiam dando sinal de que eu não aguentaria correr muito mais. O frio do subterrâneo se infiltrara em minha…

    fevereiro 5, 2016
  • Vinte e poucos anos

    Um curioso caso de simples escolhas

    É engraçado pensar em como todas as nossas escolhas no dia a dia podem mudar toda a nossa vida radicalmente, desde as decisões mais difíceis que chegam a envolver outras vidas até as mais…

    janeiro 10, 2016
  • Devaneios

    Sobre sua mentira

    Fragilizei, com os joelhos esfolados, Arrastei-me em sua direção, Com um olhar cego, obcecado, Descrente de imaginação. Parti-me em migalhas, e seus lábios se fecharam, Deixou-me ao vento, meus fragmentos voaram. Rasguei-me sobre rosas,…

    janeiro 8, 2016
  • [in] nyctophilia

    Beladona – I – A Janela

    Beladona era apenas Beladona, tranquila e esfíngica. Sobre ela, a lua brilhava despreocupada, sem floreios, o vento a tocava com sutileza, desinteressado, o mundo não girava para o seu lado, nem as pessoas costumavam pronunciar…

    dezembro 24, 2015
  • Devaneios

    Simples assim

      Feche os olhos, Sente esse doce cheiro? Agora sei, é simples assim, Quero te ver sorrir, Com flores, rosas, lírios ou jasmins.  …

    novembro 22, 2015
  • Doces ou Travessuras

    Um tributo a Poe: O Corvo

       E aí delícias, tudo bem? Espero que sim. Duas semanas apenas de aula, e então vou poder dar mais atenção para vocês 😀 Bom, hoje trago um tributo que fiz a O Corvo…

    novembro 17, 2015
  • Vinte e poucos anos

    Meus vinte e poucos anos

    A infância passa maravilhosa, a adolescência vem e caga com tudo, mas os vinte chegam e tudo se acalma... Não! O pau tora! Ah, meus vinte e poucos anos...…

    novembro 12, 2015
Translate »